segunda-feira, 5 de março de 2007

Felicidades duradouras

Felicidades duradouras...

Carla Pepe


Andei pensando ultimamente sobre a felicidade, aí escutando o Pe Fabio de Melo e ele falava das felicidades ilusórias e das duradouras. Pensei que há Felicidades responsáveis: coisas e pessoas que nos ajudam a construir e reconstruir nossa vida e nossos projetos; transformar as distancias em proximidades; incrementar dietas e viver de forma mais saudável. A vida precisa de cuidado com o corpo com horário marcado, de preferência as 6:20 de manhã. Também pensei nas felicidades partilhadas: repartir os instantes de felicidade faz com que eles se multipliquem; perceber belezas superiores às externas (o carinho, o abraço, o beijo, a voz na hora certa, o olhar firme e terno). Felicidades que aparecem sem avisar: o presente sem razão (a blusa que ganhamos, o lanche que pagamos, o cinema que vamos); comemorações sem fim (mestrado, doutorado, concurso, inicio de estagio, inicio de faculdade, amizade, enfim, a vida). Gestos pequenos que fazem uma enorme diferença. Eu não acredito em horóscopo e previsões para a vida. Para mim não importa meu ascendente ou descendente; se a lua está em aquário ou peixes. O que sei que é que busco a felicidade duradoura que há na vida, a beleza do inesperado e a programação de uma vida plena e verdadeira. Cheguei a conclusão de que isso só se consegue de um jeito: AMANDO.